Astrônomos descobrem uma quarta lua na órbita de Plutão

21/07/2011 11:52

Nome provisório de satélite do planeta anão é P4.
Telescópio espacial Hubble possibilitou o achado.

O telescópio espacial Hubble possibilitou aos astrônomos a descoberta de mais um corpo celeste no Sistema Solar. O objeto é um satélite de Plutão, o quarto a ser encontrado. Plutão não é mais considerado um planeta, mas sim um planeta anão.

O achado se deu enquanto os astrônomos buscavam anéis em Plutão. A nova lua, chamada provisoriamente de P4, é a menor a orbitar em torno do planeta anão – seu diâmetro é estimado em entre 13 km e 34 km. Caronte, a maior lua, tem 1.043 km de diâmetro, enquanto em Nix e Hidra, as outras duas, o número varia entre 32 km e 113 km.

“Eu acho notável que as câmeras do Hubble nos possibilitaram ver um objeto tão pequeno tão claramente a uma distância de mais de 5 bilhões de km”, afirmou Mark Showalter, do Instituto Seti, que liderou esse programa de observação.

A Nasa tem feito pesquisas na região de Plutão para apoiar a missão New Horizons, que deve chegar ao sistema do planeta anão em 2015. O objetivo dessa empreitada é trazer novas informações sobre os objetos situados nos limites do Sistema Solar.

P4 é o nome provisório da nova lua descoberta em Plutão. O planeta anão aparece na imagem como Pluto, seu nome em inglês. As imagens foram feitas em 28 de junho e 3 de julho (Foto: Nasa / ESA / M. Showalter (SETI institute))
P4 é o nome provisório da nova lua descoberta em Plutão. O planeta anão aparece na imagem como Pluto, seu nome em inglês. As imagens foram feitas em 28 de junho e 3 de julho (Foto: Nasa / ESA / M. Showalter (SETI institute)).
 
 
Fonte: http://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2011/07/astronomos-descobrem-uma-quarta-lua-na-orbita-de-plutao.html