Cientistas cultivam planta a partir de sementes de 30 mil anos

26/02/2012 08:56

Elas foram encontradas congeladas em uma toca de esquilo na Sibéria.
Planta é considerada a mais antiga já recuperada em laboratório.

Sementes vegetais preservadas no gelo por 30 mil anos foram recuperadas e cultivadas no Instituto de Biofísica Celular da Academia de Ciências da Rússia. O resultado do experimento foi exibido nesta sexta-feira (24). (Foto: Denis Sinyakov / Reuters)
Sementes vegetais preservadas no gelo por 30 mil anos foram recuperadas e cultivadas no Instituto de Biofísica Celular da Academia de Ciências da Rússia. O resultado do experimento foi exibido nesta sexta-feira (24). (Foto: Denis Sinyakov / Reuters)

Sementes pertencem à espécie Silene stenophylla, uma planta com flor. Foram encontradas em uma toca de esquilo da Era do Gelo, em águas congeladas do rio Kolyma, na Sibéria. O material pode ajudar os cientistas a reviver outras espécies, de acordo com a imprensa local.  (Foto: Denis Sinyakov / Reuters)

Sementes pertencem à espécie Silene stenophylla, uma planta com flor. Foram encontradas em uma toca de esquilo da Era do Gelo, em águas congeladas do rio Kolyma, na Sibéria. O material pode ajudar os cientistas a reviver outras espécies, de acordo com a imprensa local. (Foto: Denis Sinyakov / Reuters)

 

 

Fonte: http://g1.globo.com/natureza/noticia/2012/02/cientistas-cultivam-planta-partir-de-sementes-de-30-mil-anos.html